sexta-feira, 9 de outubro de 2015

MADAME "X"

MADAME “X”

Oh dama de azul, madame "X"
Tu quereis quem te faz puta
Quem te rouba e só desfruta
Dos teus “tons” de meretriz


Pois não viste a honrosa luta
De quem sempre bem te quis
De quem prezou-te os tons anis
De quem te honrou na labuta

Hoje estás como outras antas
Sem caráter, sem perfil
Para os homens do covil

Ontem com cara de santas
E hoje estás como outras tantas
Prostitutas do Brasil.

Salgueiro-PE, 09.10.2015
Hélio Ferreira de Lima

Nenhum comentário: